• abril 14, 2024

Concordância: substantivo e adjetivo; verbo e substantivo

A língua portuguesa é repleta de regras e isso faz com inúmeras dificuldades sejam carregadas ao longo da vida do estudante. O domínio dessas regras sempre reflete na vida das pessoas, principalmente em suas atuações profissionais. Você já deve ter ouvido falar sobre a concordância dos substantivos, afinal é um assunto presente no cotidiano, em provas e em concursos públicos.
À concordância dos substantivos dá-se o nome de concordância nominal e se refere à relação entre os substantivos e as demais classes de palavras. Chamamos de concordância verbal quando estamos tratando de concordância que diz respeito aos verbos.

Concordância entre substantivo e adjetivo

Como o próprio nome sugere, a concordância entre substantivo e adjetivo diz respeito a concordar esses dois grupos de palavras. Cabe lembrar o que é cada um deles, de forma a tornar mais efetivo o entendimento sobre a concordância:

  • Substantivo: dá nome aos seres, sejam eles animados ou inanimados;
  • Adjetivo: adiciona atributos aos seres (qualidade, quantidade, etc).

De forma geral, o adjetivo deve concordar em número e em gênero com o substantivo, como por exemplo:

  • Que vaso bonito!
  • Que vasos bonitos!

Além disso, há algumas regras que devem ser compreendidas:

  • Quando existe mais do que um substantivo, o adjetivo concorda com o que está mais próximo. Exemplo: Que bonita menina e menino!
  • Quando existe mais do que um substantivo e o adjetivo vem depois dos substantivos, o adjetivo concorda com o que está mais próximo ou com todos. Exemplo: Que menina e menino bonito! (ou) Que menino e menina bonitos!
  • Quando existe mais do que um adjetivo para caracterizar um substantivo, a concordância, pode ser feita de duas formas, as quais:
  • Coloca-se o artigo antes do ultimo adjetivo. Por exemplo: Amo a decoração barroca e a clássica;
  • Coloca-se o substantivo e o artigo no plural antecedendo o adjetivo. Por exemplo: Amo as decorações barroca e clássica.

Concordância entre verbo e substantivo

Já a concordância entre o verbo e o substantivo é inserida no conteúdo de concordância verbal e, como o próprio nome sugere, diz respeito a concordar tais classes de palavras. Como forma de melhorar o entendimento sobre o assunto, faz-se necessário relembrar o conceito de verbo: é o grupo de palavras que indicam ação, estado ou fenômeno da natureza.
A concordância entre verbo e substantivo ocorre seguindo as seguintes e principais regras:

  • Quando existe substantivo/sujeito composto antes do verbo, o verbo vem sempre no plural. Por exemplo: gatos e cachorros brincaram a noite toda.
  • Quando existe substantivo/sujeito composto antes do verbo, o verbo pode ser no plural ou deve concordam com o sujeito mais próximo. Por exemplo: brincaram a noite toda gatos e cachorros (ou) brincou cachorros e gatos a noite toda.
➥ Assine nosso Portal de Simulados para Professores: ( Link )

Leia o anterior

Representante comercial autônomo precisa ter registro ativo

Leia a seguir

Resumo sobre o Sistema Tributário Nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais populares