• abril 13, 2024

Princípios gerais dos parâmetros curriculares nacionais

Os Parâmetros Curriculares Nacionais são documentos elaborados pelo poder público (especificamente o Ministério da Educação) de forma participativa, ou seja, na fase de elaboração os professores e demais envolvidos na educação participaram do processo.

De forma geral, tais documentos auxiliam nos conteúdos e práticas que os estudantes vivenciaram ao longo do ano letivo. A importância de se ter um documento de âmbito nacional é relevante, uma vez que a educação no Brasil é repleta de desigualdades.
Assim, é possível criar um panorama nacional, aumentar os índices educacionais do país e ainda oferecer os mesmos conteúdos em todas as regiões e escolas do país, considerando também as especificidades regionais.

Subdivisão dos Parâmetros Curriculares Nacionais

Os parâmetros curriculares nacionais do ensino médio se subdividem em dois grupos (do 1º ao 4º ano e do 5º ao 8º ano), conheça a seguir os princípios gerais destes documentos e se informe!

Princípios gerais dos parâmetros curriculares nacionais no ensino fundamental

Os princípios gerais dos parâmetros curriculares nacionais no ensino médio podem ser sintetizados da seguinte forma:

Conteúdos: são divididos em conceituais, procedimentais e atitudinais.

  • Os conteúdos conceituais dizem respeito ao desenvolvimento de capacidades intelectuais, as quais são utilizadas para construir e interpretar símbolos, ideias, imagens e representações. Nesse tipo de conteúdo o processo de ensino e aprendizagem deve ser feito por meio de aproximações sucessivas e próximas à realidade do aluno;
  • Os conteúdos procedimentais dizem respeito ao desenvolvimento de habilidades, envolvendo a capacidade de tomar decisões e de realizar ações de forma não aleatória e com o objetivo de se atingir uma meta. Como mecanismo dos conteúdos procedimentais é comum (e recomendado) a utilização de atividades práticas, como maquetes ou experimentos.
  • Já os conteúdos atitudinais são trazidos de forma transversal no ensino fundamental. Nesse tipo de conteúdo, a escola age como um agente socializador e trabalha com os alunos a convivência em sociedade, principalmente no que se refere à construção de valores (que devem ser expressos por meio de regras, construídos de forma coletiva e não exclusivos).

No que se refere às formas de avaliação, os parâmetros definem três tipos, os quais:

  • Inicial: fase diagnóstica e investigativa;
  • Contínua: envolve avaliações de caráter processual;
  • Final: feita a partir das avaliações supracitadas.

Com tais tipos de avaliação, tem a sustentação de três visões, a do professor, a do aluno e a da escola.

Já os objetivos gerais dos parâmetros curriculares nacionais no ensino médio são:

  • Compreender a cidadania;
  • Posicionar-se de maneira crítica;
  • Conhecer e valorar a pluralidade do patrimônio sociocultural brasileiro;
  • Perceber-se integrante e agente transformador do ambiente;
  • Desenvolver o conhecimento;
  • Utilizar de diferentes linguagens;
  • Saber utilizar fontes e recursos tecnológicos;
  • Questionar a realidade.

Conclusão sobre os Parâmetros Curriculares Nacionais

Todos esses objetivos dependem um do outro e tem como principal função a formação de um individuo que exerça de forma satisfatória a sua cidadania.
Contudo, os parâmetros curriculares nacionais no ensino médio são divididos em dois grandes conjuntos, séries iniciais (disponível aqui) e séries finais (disponível aqui), sendo composto por: um livro de caráter introdutório, volumes das disciplinas específicas e volumes para os temas transversais.

➥ Assine nosso Portal de Simulados para Professores: ( Link )

Leia o anterior

Resumo Estatuto dos Servidores Públicos Civis de São Paulo

Leia a seguir

A psicomotricidade e sua importância no desenvolvimento da criança

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais populares