• abril 13, 2024

Fundamentos filosóficos, psicológicos e pedagógicos da educação

A educação é uma ferramenta de formação do indivíduo, com a qual o mesmo se prepara para a vivência em sociedade e para o mercado de trabalho. Inúmeros são os fundamentos utilizados ao longo do processo educativo, os quais dialogam entre si e resultam nos métodos utilizados por professores, por meio de aplicações didáticas.

Os professores devem estar atentos ao uso dos mesmos, bem como devem correlaciona-los entre si, de forma a trabalhá-los de forma transversal entre os conteúdos curriculares propostos pela legislação vigente.
As contribuições da filosofia, psicologia e da pedagogia são sem sombra de dúvidas essenciais para a formação do sujeito e, também para a educação. Dessa forma, é de grande importância o exercício da reflexão junto às diversas práticas pedagógicas.
Há ainda, uma necessidade da sociedade atual em fortalecer as relações entre os indivíduos, que chama a atenção novamente para o uso de fundamentos filosóficos, psicológicos e pedagógicos da educação.
Tais fundamentos são expostos a seguir separadamente, de forma a facilitar a interpretação dos mesmos, sendo que:

Fundamentos filosóficos

A espinha dorsal da filosofia é a reflexão, basicamente pautada na existência do indivíduo, nas suas relações e nas construções sociais. A filosofia discute tudo sobre uma perspectiva argumentativa, na qual após a reflexão chega-se a uma conclusão.
No vasto mundo da filosofia, o homem é considerado um animal com emoções, vontades, certezas e incertezas. Desde o início da civilização o homem foi distinguido dos demais animais por possuir consciência e, sua capacidade de contar histórias é hoje considerada uma das principais causas da evolução da espécie.
A partir dessa capacidade, as histórias, as crenças, os saberes foram passados de geração a geração e, tudo isso se correlaciona com a filosofia, afinal não passa de uma busca constante pela verdade.
Após compreender esse contexto, fica evidente a ligação entre a filosofia e a educação, uma vez que a teoria geral da educação é baseada na busca pela verdade e na formação do indivíduo para sua convivência em sociedade. Sendo assim, a convivência em sociedade é facilitada pelo conhecimento das “verdades”.
Dentre os principais fundamentos filosóficos utilizados na educação, destacam-se: a busca pela verdade, o pensamento crítico, a reflexão e a construção do sujeito emancipado (valores éticos e morais).

Fundamentos psicológicos

Já a psicologia explica padrões e exceções sociais, sendo uma das principais ferramentas de estudo do comportamento da sociedade em sua totalidade.
Em resumo, a psicologia estuda processos emocionais, intelectuais e cognitivos.
Assim como demais áreas das ciências humanas e sociais, a psicologia surgiu junto a filosofia e somente depois de muito tempo que fora considerada uma ciência propriamente dita.
Os fundamentos da psicologia na educação têm como principais objetivos: discutir o desenvolvimento e a aprendizagem do indivíduo, identificar os padrões de dificuldades de aprendizagem e correlacionar o momento atual às concepções teóricas da atualidade.

Fundamentos pedagógicos

Por fim, a pedagogia é uma área da educação em que se desenvolve e aplica os métodos de ensino, os quais são baseados em experiências bem-sucedidas e nas demandas da sociedade.
Seria inútil trabalhar os fundamentos filosóficos e psicológicos sem correlaciona-los com os fundamentos pedagógicos, devido ao fato de que a aplicação dos mesmos só será possível a partir da sua aplicação pedagógica.
A pedagogia tem papel fundamental sobre como os conteúdos são passados aos sujeitos em formação (alunos), considerando suas diferenças e criando ferramentas que propiciem a aprendizagem integral.
Pela importância evidente do tema e dos fundames citados, os fundamentos filosóficos, psicológicos e pedagógicos são amplamente trabalhados na formação dos professores, independente do curso.

➥ Assine nosso Portal de Simulados para Professores: ( Link )

Leia o anterior

As pessoas do discurso: quais são as 3 categorias fundamentais

Leia a seguir

Princípios constitucionais relativos ao Direito Penal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais populares