• julho 18, 2024

Educação especial sob uma perspectiva inclusiva

Educação especial sob uma perspectiva inclusiva, Educação especial, Uma perspectiva inclusiva

Educação especial sob uma perspectiva inclusiva, Educação especial, Uma perspectiva inclusiva. Foto: montagem / Canva / Pexels

Profissionais da área do ensino sabem que trabalhar com educação especial sob uma perspectiva inclusiva é algo obrigatório.

Trata-se de uma área da educação que visa atender às demandas dos alunos portadores de deficiência.

Esses grupos de educandos possuem impedimentos de natureza mental, intelectual, física ou sensorial que podem restringi-los a uma participação social plena.

Desde que tais demandas foram postas em discussão, criou-se um modelo de Educação Especial, no qual os alunos especiais são separados dos demais.

Durante muito tempo, esse modelo de Educação Especial foi praticado. Mas, atualmente, tem-se discutido uma perspectiva mais inclusiva, em que a separação não ocorre e as habilidades são desenvolvidas em conjunto, valorizando as diferenças.

A importância da educação especial na perspectiva inclusiva é relevante e válida.

Somente ela garante que todos tenham acesso ao mesmo tipo de educação, supera práticas discriminatórias e cria alternativas para inserção social de todos os membros da sociedade.

Política Nacional de Educação especial sob uma perspectiva inclusiva

A Política Nacional de Educação especial sob uma perspectiva inclusiva tem por objetivo incluir os alunos com deficiência no ambiente escolar convencional.

A ideia foi proporcionar uma interação e a aprendizagem contínua nos diversos níveis da educação básica.
Nessa perspectiva, os sistemas de ensino (no caso as escolas, faculdades e demais espaços educadores) devem proporcionar:

  • Acesso igualitário à educação (conforme proposto pela Constituição Federal);
  • Abordagem do tema de forma transversal e em todos os níveis de ensino (até o ensino superior);
  • Garantia de atendimento educacional especializado;
  • Garantia de formação/ atualização adequada para os profissionais da educação (principalmente os professores);
  • Participação da família e da comunidade local;
  • Acessibilidade nos ambientes educativos (mobília, arquitetura, vias de acesso, formas de comunicação etc);
  • Articulação entre os setores da sociedade para que haja participação na elaboração e execução de políticas públicas sobre o tema.

Educação especial sob uma perspectiva inclusiva para quê?

Como mencionado acima, na perspectiva inclusiva, a educação especial passa por todos os níveis e modalidades do ensino, garantindo que, mesmo ante as dificuldades, todos tenham acesso a uma formação e por consequência sua inserção na sociedade.

Dessa forma, tal modalidade de educação se apropria de técnicas e métodos que propiciem essa inclusão e se constitui em um processo continuo de construção das mesmas.

Uma das principais ferramentas na Educação Inclusiva é o atendimento educacional especializado (geralmente feito com o chamado “Professor de Apoio”).

Professor de Apoio

Esse profissional identifica, elabora e organiza os recursos para que as barreiras sejam eliminadas e para que os alunos tenham suas necessidades específicas devidamente atendidas.

É importante frisar que o atendimento educacional especializado deve trabalhar para que a autonomia do aluno seja desenvolvida, dentro e fora do ambiente escolar.

Algumas das ferramentas (que devem estar articuladas com a proposta pedagógica) utilizadas nesse tipo de atendimento educacional são: programas de enriquecimento curricular, ensino de linguagem e códigos específicos de comunicação e sinalização, apoio técnico, tecnologias assistivas, entre outros.

Além disso, a educação especial na perspectiva inclusiva deve ser trabalhada desde os anos iniciais, uma vez que tal período é de grande importância para o desenvolvimento das principais habilidades.  Depois deve perpassar pela educação básica e por fim, deve também estar presente no ensino superior.

Contudo, esse tipo de educação vem sendo construída ao longo do tempo e já vem sendo desenvolvida no Brasil com resultados positivos.

Este foi o resumo sobre a Educação especial sob uma perspectiva inclusiva.

Acesse nosso canal : Canal Resolvendo

Leia o anterior

Resumo sobre o Regimento Interno da PG – DF

Leia a seguir

Lei anti-bullying: combate à intimidação na escola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais populares